Hino da Santa Casa da Misericórdia de Castelo Branco

O Hino da Santa Casa da Misericórdia de Castelo Branco, cuja autoria pertence ao nosso saudoso Irmão António Escaleira Ribeiro, e com o apoio da Orquestra Típica Albicastrense, por ocasião da I Gala da nossa Instituição foi possível passar a letra para a pauta musical, e o resultado foi maravilhoso.


Letra:

Num berço cheio de encanto,

Teu nome santo

Nasceu de amor,

A tua mãe e madrinha,

Nobre Rainha

Foi Leonor

O Santo Bartolomeu

Quem te escolheu

P’ra sua herdeira,

E num gesto de carinho

Aos sem lar deu um cantinho

Nesta casa hospitaleira

Ó Santa Casa

De Castelo Branco

Um sorriso franco

É o teu brasão

Ó Santa casa

Tens a graça nobre

De acolher o pobre

No teu coração!…

Dos vultos da tua história

Tens na memória

O seu valor

Como o Rei D. Manuel,

No seu papel

De findador…

Vasconcelos e Rafeiro

Lugar cimeiro

Na doação,

Muitos outros de seguida

E Abrunhosa na Polida,

Desfraldaram teu pendão.

Ó Santa Casa

Da nossa cidade

A tua irmandade

E joia da c’roa…

Ó Santa Casa

Grande benfazela

Não tenhas inveja

À que é de Lisboa!

Aos sem lar e sem ter nome

Matas a fome

Estendes o braço,

Tal cmo Santa Isabel

Dava o Farnel

Do seu regaço…

Olhas sempre que é preciso

Com um sorriso

Para quem passa…

E nas armas da bandeira,

Tens nobre Padroeira

Nossa Senhora da Graça.

Ó Santa Casa,

De velha nobreza,

A mais portuguesa

És por tradição…

Ó Santa Casa,

Abrigas tão bem,

No seio da mãe

O povo beirão!